Associação Brasileira Rede Unida, 13º Congresso Internacional Rede Unida

Anais do 13º Congresso Internacional da Rede Unida

v. 4, Suplemento 1 (2018). ISSN 2446-4813: Saúde em Redes
Suplemento, Anais do 13ª Congresso Internacional da Rede UNIDA
Tamanho da fonte: 
ELABORAÇÃO DE PESQUISAS ONLINE VIA FORMULÁRIO "FORMSUS" APLICADAS AO CONTEXTO DE SAÚDE PÚBLICA E DA COMUNIDADE COMO PROPOSTA DE METODOLOGIA ATIVA NA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE
Rodrigo Gondim Miranda, David Silva Almeida, Bruno Rodrigues Lopes, Mayara de Moura Borges, Joyce Batista Carvalho, Maria Eduarda Duarte Vasconcelos, Zayla Adeilde Aguiar de Brito, Ana Angélica Luz Pereira

Última alteração: 2018-01-06

Resumo


Introdução: Com a disseminação do acesso à internet, várias das relações entre instituições de ensino, pesquisa e gestão nos mais variados setores da sociedade estão sendo inseridas nesse novo contexto online. Pode-se destacar, em particular, uma nova forma de pesquisa pensada originariamente no gestor de saúde pública, o qual se vale de um instrumento online fomentado pelo SUS, o chamado formulário “FormSUS”. O FormSUS é um serviço de criação de formulários de pesquisa online desenvolvido para viabilizar o processo de coleta e disseminação de dados por meio da internet. Os relatórios das respostas ficam hospedados no ambiente DATASUS podendo, com a devida permissão, serem importados para o Excel, facilitando a análise e interpretação dos dados, gerando desse modo, informação útil para a comunidade. Objetivos: Propor uma metodologia ativa, usando para tal a criação de formulários online do tipo FormSUS na contribuição à formação de profissionais da área de saúde, aplicando-o como instrumento de investigação do cenário de saúde pública e da comunidade no município de Teresina-PI. É também objetivo desse trabalho divulgar, com a metodologia proposta, a toda a comunidade de estudantes da área da saúde, bem como os profissionais em formação; a aplicabilidade fornecida pelo FormSUS, o qual foi idealizado, implementado e implantado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Metodologia: O FormSUS é mais um importante aliado à pesquisa em saúde pública e da comunidade, se mostrando como um recurso ágil e eficaz a ser utilizado na formação de profissionais da área de saúde, pois os mesmos poderão, de forma ativa, capacitar-se para agir no intuito de dar voz e melhorar a qualidade de vida da comunidade, na qual eles se encontram.  A proposta se baseia nas seguintes premissas: 1- Elaboração de questões abertas e/ou fechadas. As questões abertas são utilizadas quando o objetivo é permitir maior liberdade ao respondente, sendo usualmente aplicada na fase exploratória, pois ajuda o pesquisador a compreender os conceitos na forma expressa pelos respondentes. Enquanto que, a elaboração de questões fechadas, são mais fáceis e mais rápidas de responder, otimizando a tabulação e a análise dos dados. 2 – Formatação do questionário online. São geralmente mais claros e fáceis de responder pois incorporam a lógica dos “pulos”. Por exemplo: um sujeito do sexo masculino não terá acesso às perguntas sobre história gestacional e apenas verá as perguntas pertinentes a ele, tornando a pesquisa mais concisa e prática. Entretanto, a lógica dos pulos precisa ser cuidadosamente validada durante a fase de pré-testes do estudo, pois com o uso incorreto dessa estratégia, pode comprometer um bom andamento da pesquisa. 3- Redação clara, simples e neutra. Cada palavra em uma questão pode influenciar a validade e reprodutibilidade das respostas. O objetivo é formular questões que sejam simples e livres de ambiguidades, encorajando respostas acuradas e honestas, sem constranger ou ofender os participantes. 4- O conjunto global das medidas a ser adotado em um estudo deve ser pré-testado antes do início do estudo. Um pequeno pré-teste inicial pode incrementar a clareza das questões e instruções; mais tarde, estudos-piloto maiores refinarão e testarão a abrangência, a reprodutibilidade e a capacidade de detectar mudanças nos parâmetros do estudo. Resultados: Como resultados dessa proposta de metodologia ativa, ter-se-ão pesquisas conduzidas de forma online via FormSUS, nas mais diversas áreas da saúde, tais como sobre: 1-As condições de vida, trabalho e saúde de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina-PI. O ACS é o elo entre os serviços de saúde e a comunidade, proporcionando a consolidação das novas práticas de saúde. O que torna ainda mais relevante a avaliação da qualidade de vida desse que zela tanto pelo bem de toda uma comunidade. 2-Um projeto de pesquisa cujo tema seja a avaliação do controle de HIV/Aids proporcionado pela Atenção Básica de Teresina-PI. A relevância desse estudo relaciona-se à necessidade de mensurar a atenção ofertada para o controle do HIV/Aids pelos profissionais de saúde da Atenção Básica com a finalidade de desenvolver um diagnóstico situacional da educação em saúde, prevenção do HIV e acesso precoce ao tratamento adequado. 3-Um projeto de pesquisa a respeito do nível de satisfação de equipes de saúde mental com as condições de trabalho em Teresina-PI, destacando uma investigação sobre, por exemplo, a sobrecarga de trabalho, e níveis de ansiedade do profissional de saúde mental. Considerações Finais: Cada vez mais os pesquisadores estão tendo acesso a opções para desenvolver questionários/entrevistas online. Em especial os temas relacionados à saúde, se está em curso uma transição para instrumentos online, a exemplo do formulário FormSUS, a fim de facilitar a coleta de dados que permitem, por exemplo, o envio automático de e-mails para os participantes das pesquisas, bem como postagens dos resultados das pesquisas na internet, colaborando com a transparência em estudos veiculados à saúde pública e da comunidade. Além de serem abordagens eficientes e baratas para coletar informações sobre saúde, produzem dados com erro mínimo, pois é possível verificá-los automaticamente quanto a dados faltantes ou com valores fora da faixa permitida. Os erros podem ser comunicados ao respondente, e as respostas, aceitas somente após esses problemas terem sido corrigidos. Apesar dessa transição, ainda em curso, os princípios da elaboração de bons instrumentos permanecem os mesmos: escrever instruções claras e questões bem formuladas que estimulam respostas com potencial valor de informação. A partir de um dispositivo, tal como o FormSUS, se torna ainda mais viável a inserção de profissionais de saúde em formação no cenário de pesquisa em saúde pública e da comunidade. Podendo estabelecer vínculos com a comunidade de forma simples, ágil e eficaz, buscando investigar a qualidade de vida das pessoas, tendo em mente que com os resultados das pesquisas, será necessário a assunção de uma postura ativa, na busca de intervir com soluções aos impasses que rotineiramente são encontrados na saúde como um todo, sempre respeitando a cultura local e intervindo para promover o bem estar. O caminho a ser trilhado passa por nós, realmente, apropriarmos da nossa identidade de protagonistas de nossa comunidade, imbuídos com a atitude de promoção à saúde e ter a pesquisa como instrumento poderoso capaz de melhorar as condições de vida da nossa comunidade. Não é uma tarefa fácil, mas juntos, um ajudando o outro, conseguiremos.

Palavras-chave


formulario online; metodologia ativa; saúde publica