Associação Brasileira Rede Unida, 13º Congresso Internacional Rede Unida

Anais do 13º Congresso Internacional da Rede Unida

v. 4, Suplemento 1 (2018). ISSN 2446-4813: Saúde em Redes
Suplemento, Anais do 13ª Congresso Internacional da Rede UNIDA
Tamanho da fonte: 
EXPERIÊNCIA DO ENFERMEIRO RESIDENTE EM ONCOLOGIA DIANTE DO PROCESSO DE VIDA E FINITUDE EM CUIDADOS PALIATIVOS NO SUS - CERTEZAS EM XEQUE
Dayse Maria de Vasconcelos Rodrigues, Caroline Pereira Ribeiro, Maria Fernanda Palermo da Silva, Mayara Castro Lustosa Moura Granja, Luisa Costa Alves Guidoux, Ana Lúcia Abrahão, Leticia Cataldi Alcantara

Última alteração: 2017-12-20

Resumo


APRESENTAÇÃO: Programa de Residência Multiprofissional em Saúde com ênfase em Oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) proporciona ao residente enfermeiro  interação com outros profissionais de saúde, bem como com  possíveis tensões que surgem da produção do cuidado a partir do desenvolvimento de um trabalho multiprofissional e interdisciplinar, com enfoque, neste caso,nos cuidados paliativos que emergem a partir do momento que usuários são diagnosticados com afecções patológicas ameaçadoras à vida ou quando da identificação de doenças fora de possibilidade terapêutica. Tais cuidados têm como essência a preocupação com a qualidade de vida durante todo  percurso terapêutico,caracterizado pela afirmação da vida em vida, além da preocupação em tratar a morte como processo natural, onde não se pode antecipá-la ou adiá-la. Com isso, o objetivo é lançar um olhar como profissional em formação, sobre o processo de cuidado realizado no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), tomando como embasamento a Política Nacional para a Prevenção e Controle do Câncer, estabelecida na Portaria nº 874/2013, onde os cuidados paliativos devem estar inseridos em todos os níveis de atenção, respeitando os princípios doutrinários do SUS. DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO: Trata-se de estudo descritivo, observacional, a partir da experiência das autoras em alguns campos de assistência à saúde em um Hospital Federal de referência oncológica no município do Rio de Janeiro, nascida como proposta de vivência da Residência em Saúde, com o propósito de despertar um conhecimento crítico-reflexivo, comprometido com os usuários e a produção do cuidado, a partir da interação com os profissionais que atuam no SUS, especificamente na assistência oncológica em cuidados paliativos. RESULTADOS E/OU IMPACTOS: Por serem os cuidados paliativos, ações que dependem de uma compreensão mais elaborada do seu significado e de suas dimensões, evidenciou-se a importância que os mesmos sejam pensados e organizados, a partir de uma política própria de tal forma que priorize,produza e assegure um cuidado integral e contínuo tanto do ponto de vista ético-moral, quanto humano e operacional, proporcionando a certeza de segurança na assistência aos usuários acometidos por doenças oncológicas avançadas ou em face de sua terminalidade.A experiência possibilitou perceber várias problemáticas enfrentadas por ambos os lados. Destacamos o usuário, que ainda encontra dificuldade de acesso à rede de assistência à saúde, impossibilitando a elaboração de um diagnóstico precoce e tratamento curativo, em concomitância com a evidente deficiência de capacitação profissional da equipe de saúde em cuidados paliativos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Percebemos certa dificuldadedos profissionais em produzir  cuidados paliativos no usuário onde a possibilidade ou proximidade da morte se tornam latente, identificando  necessidade de olhar esse indivíduo sob  nova perspectiva.Para tanto, faz-se necessário longo e intenso caminhar na busca da melhoria do cuidado,tendo início com capacitação dos profissionais a partir de sua formação,para que possam ser capazes de produzir um cuidado potente,ancorado na essência filosófica dessas ações e assim proporcionar uma assistência integralizada capaz de atender às novas demandas impostas diante da finitude da vida.

 


Palavras-chave


Cuidados Paliativos; Câncer;SUS