Associação Brasileira Rede Unida, 13º Congresso Internacional Rede Unida

Anais do 13º Congresso Internacional da Rede Unida

v. 4, Suplemento 1 (2018). ISSN 2446-4813: Saúde em Redes
Suplemento, Anais do 13ª Congresso Internacional da Rede UNIDA
Tamanho da fonte: 
CÂNCER DE PROSTATA: atendimento psicossocial em usuários de uma Unidade Básica de Saúde acerca da prevenção: um relato de experiência no Município de Santarém-PA
Joseane Silva Oliveira, Inglith Rodrigues de Lima, Nilce da Silva Baltazar, Eliane dos Santos Campos, Rogéria da Silva Farias, Fernanda Tabita Zeidan de souza

Última alteração: 2018-01-11

Resumo


O presente estudo caracteriza-se como um relato de experiência, através de uma intervenção realizada durante o Estágio de Saúde, em uma Unidade Básica de Saúde localizada no Baixo Amazonas, especificamente no Município de Santarém-PA.  De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) o Câncer de próstata é o que acarreta mais óbitos na população masculina. Cestari e Zago (2005) contribuem afirmando que, para prevenir o câncer a população deve ser informada sobre os comportamentos de risco, os sinais de alerta e a frequência da prevenção. Nesse sentido, foi abordado com os usuários do sexo masculino, sobre a importância da prevenção do câncer de próstata. A programação contou com a participação de toda equipe de saúde, como médicos, enfermeiros, agente comunitários de saúde e estagiários de psicologia, havendo a participação de cinquenta pessoas do sexo masculino. Foi oferecido pela equipe da UBS diversos serviços específicos para cuidados com a saúde, bem como, teste de glicemia, medição de pressão arterial e serviços de beleza, como corte de cabelo e barba, sendo distribuídos fichas de encaminhamento para exame preventivo. A programação foi dividida em dois ambientes, sendo o primeiro para a recepção dos usuários, e o segundo onde ocorria as diversas atividades, dentre estas, foi realizada pelos acadêmicos de psicologia uma roda de conversa, a qual foi instigado sobre as razões em realizar o exame de próstata, bem como uma escuta coletiva acerca dos sentimentos que envolvem as dificuldades em se fazer o exame. O estudo é classificado como qualitativo, de abordagem descritiva. Como resultados foi possível perceber a participação dos usuários da UBS, visto que, houveram muitas falas por parte destes, e muitas dúvidas em relação ao exame em si, em como era feito e quais as diferenças do exame de sangue (PCA) e o Toque Retal. Foi notório perceber a maior procura por informações sobre questões voltadas à saúde, por parte da população masculina, chamando assim atenção da equipe multidisciplinar.  Contudo ainda é possível perceber a dificuldade e receios existentes por parte dos homens em fazer o exame preventivo, e é necessário que haja uma discussão mais ampliada acerca dos sentimentos que envolvem essas preocupações, visto que ainda é pouco discutido por essa população.

Palavras-chave


Psicologia, Atendimento Psicossocial; Câncer; prevenção; saúde