Associação Brasileira Rede Unida, Iº Colóquio CISMEPAR

Anais do 13º Congresso Internacional da Rede Unida

v. 4, Suplemento 1 (2018). ISSN 2446-4813: Saúde em Redes
Suplemento, Anais do 13ª Congresso Internacional da Rede UNIDA
Tamanho da fonte: 
ACOLHIMENTO NO CENTRO MÃE PARANAENSE
DANIELLE PAVAO, ANA MARCIA VELOZO DE FARIA, IZABEL CRISTINA DE OLIVEIRA NUNES

Última alteração: 2019-11-18

Resumo


APRESENTAÇÃO: O Centro Mãe Paranaense apresenta-se como uma rede de atenção especializada e um conjunto de ações realizadas junto às gestantes e crianças de risco, na busca da redução dos índices de mortalidade materna e infantil, através de atendimento interdisciplinar, conforme o estabelecido na Linha Guia da Rede Mãe Paranaense. O trabalho do técnico administrativo é tentar garantir que os processos e fluxos no setor sejam efetuados de maneira ética, organizada e humana e o do técnico de enfermagem além destes, é auxiliar os médicos e enfermeira em suas necessidades durante as consultas. DESENVOLVIMENTO: As atividades que possibilitam garantir a qualidade e organização no atendimento são: os agendamentos das consultas médicas e da equipe multidisciplinar, após regulação; Envio de e-mails e guias às secretarias municipais de saúde - SMS para comunicação dos agendamentos; Solicitação de abertura, cancelamento e alterações das agendas dos profissionais; Impressão de relatórios de agendas; contato telefônico para informar dos agendamentos para as gestantes e responsáveis pelos menores que serão atendidos; Recepção dos pacientes na unidade confirmando seus dados no sistema, preenchendo os planos de cuidados anexados às carteirinhas (gestante e criança); organização do fluxo dos atendimentos multidisciplinares; suporte às demandas da equipe durante os atendimentos; atendimento do telefone sobre dúvidas, remarcações; reagendamento de alguns exames, retorno; encaminhamento de guias referenciadas ao setor responsável; realização de busca ativa aos pacientes faltosos; anotação em sistema das informações sobre o paciente, além da solicitação e controle de materiais de uso da unidade. A técnica de enfermagem prepara a gestante para a realização do exame de cardiotocografia nos casos de gestação acima de 33 semanas; pesagem das crianças antes da consulta pediátrica; aferição de pressão arterial quando necessário. Faz também a higienização e controle dos materiais usados nos atendimentos, pesagem das roupas de uso ambulatorial e encaminhamento para Central de Materiais e Esterilização. RESULTADOS: Com o estabelecimento de fluxos e organização do trabalho na unidade percebe-se uma redução das faltas dos usuários, uma melhor acolhida, gerando bem-estar e diminuição do nível de estresse durante o tempo de espera por atendimento. Um dos diferenciais em nosso atendimento, é a busca ativa, onde procuramos envolver a todos, alcançando a diminuição das faltas, para que o pré-natal evolua de forma positiva, minimizando os possíveis danos do não acompanhamento. Percebe-se ainda uma maior humanização do atendimento, visto que os pacientes encontram-se em situação de risco e vulnerabilidade.  CONSIDERAÇÕES: Acreditamos que o Centro Mãe Paranaense apresenta-se como uma unidade diferenciada e de excelência no atendimento ao público alvo, visto que a gestação é um período curto e as crianças tem idade limite para o inicio e termino do atendimento, portanto, precisa estar interligado de forma coerente e efetiva a todos os setores envolvidos para que se atinjam os objetivos esperados.